Tag Archives: manchete

“Palestino Ferido”: Vítima ou Atacante?

“Palestino Ferido”: Vítima ou Atacante?

Hoje, o soldado Elor Azaria recebeu a sua sentença por ter atirado e matado um terrorista palestino quando este já se encontrava neutralizado. Assim como na época do julgamento, a notícia da sentença gerou uma série de manchetes mencionando o atacante palestino, que fora inicialmente ferido enquanto realizava um ataque por esfaqueamento em Hebron. Mas

Assentamentos: os Erros nas Manchetes que Ninguém Percebe

Com a questão dos assentamentos israelenses de volta às manchetes, surgiram também erros factuais. Independente das opiniões sobre o status dos assentamentos, a mídia ainda tem a responsabilidade de informar com precisão sobre o que acontece na região. Uma série de veículos reportou nos últimos dias que Israel estaria prestes a construir novos assentamentos. Veja por

Da série: A Equivalência Moral entre Vítimas e Atacantes na Mídia Brasileira

Ontem, na Cidade Velha de Jerusalém, um palestino atacou um policial israelense com uma chave de fenda. Ele tentou furar a cabeça do policial até que outros policiais vieram e dispararam contra o atacante. A manchete dos veículos brasileiros? (Para a nossa não surpresa)     Por que será que é tão difícil para veículos

O Globo: Tudo Começou Quando Israel Revidou

A história é conhecida: a cidade israelense de Sderot foi mais uma vez atingida por um míssel lançado da Faixa de Gaza. Em resposta, o Exército de Israel atacou alvos do Hamas no território palestino. Como o jornal O Globo reportou o evento? Título: Destaque para a resposta de Israel como se Israel tivesse começado a ofensiva.

Vitimização de Terroristas Palestinos – Favorita das Manchetes

A lógica é simples: mais um ataque terrorista palestino contra israelenses, mais manchetes vitimizando os terroristas. As manchetes do G1 e do O Globo, sobre o último ataque no dia 30 de setembro não deixam dúvidas: Por que é tão difícil para os jornais criarem manchetes que dêem destaque para o agredido ao invés de vitimizarem o

Terroristas NÃO são vítimas

Ao relatar sobre uma operação do Exército de Israel esta semana, alguns jornais absurdamente retrataram um terrorista como uma vítima, e as forças israelenses que tentavam prendê-lo, como atacantes. Um festival de linguagem ambígua. O que realmente aconteceu? Forças de segurança israelenses rastrearam Mohamed al Fakih, o terrorista que assassinou o rabino Miki Mark no início deste mês. A

Top